terça-feira, 6 de novembro de 2012

Petar - Trilha e Caverna Temimina

A Caverna Temimina localiza-se no Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira ou PETAR, no núcleo de visitação Caboclos.

Este núcleo é pouco visitado. Além da estrada de acesso mal conservada, a infra-estrutura de atendimento ao turista é praticamente inexistente, e o nível de dificuldade da trilha é um pouco maior que a média do resto do parque. Essas condições são ótimas, já que oferecem uma excelente oportunidade para aqueles que procuram um contato maior com a natureza.

Mas a pouca visitação também cria algumas dificuldades.

A primeira é conseguir um guia. Eu recomento ligar diretamente para a o Centro de informações turísticas de Apiaí, e solicitar os contatos de guias autônomos cadastrados no parque. Eu sempre faço isso. Normalmente, as agências de turismo da região ou as pousadas que tem vínculos com elas, forçam a barra para vender os pacotes mais comuns, nas cavernas do núcleo Santana e Ouro Grosso. Além disso, as agências montam grupos muito heterogêneos, com pessoas em todas as condições físicas possíveis. Isso obriga o grupo a sempre seguir o ritmo do mais lento ou impede o acesso a certas localidades que exigem um melhor condicionamento físico. O guia que me levou até a caverna Temimina é conhecido por Peixe (isso mesmo, ligue para o centro de informações e procure pelo Peixe). Ele é muito experiente, recomendo.

A segunda dificuldade é o acesso ao Núcleo Caboclos. Meu carro é um Peugeot 206 (bastante baixo), eu não tive problemas para chegar até o início da trilha. Mas realizar o trajeto sem bater o fundo do carro naquela estrada, exige experiência nesse tipo de terreno. Nem pense em tentar se não tiver um protetor de cárter instalado. Se você tem receio de usar seu carro em estradas ruins, não visite o Núcleo Caboclos. De qualquer modo, verifique com seu guia a condição da estrada, afinal de contas, o parque pode realizar uma manutenção e mudar esse cenário, a qualquer momento.

Realizei esta trilha, no dia 29/03/2012, e estava hospedado na Pousada do Quiririm, próxima aos Núcleos Santana e Ouro Grosso. Recomendo muito! Já me hospedei lá diversas vezes e sempre fui muito bem tratado pelas queridas Marisete e Marina.

O trajeto de carro da pousada para o Núcleo Caboclos demora aproximadamente 90 minutos, isso inclui 53 Km de estrada até a saída da SP 250, e mais 10 Km na péssima estrada de terra que leva ao início da trilha. Parti um pouco antes das 9:00 horas.

Ao chegar no centro de visitantes, que não passa que uma construção com dois cômodos, um banheiro e sem energia elétrica (o rádio é mantido por painéis solares e baterias), o segurança vai pedir para você assinar a lista de entrada do núcleo e vai cobrar o valor da entrada do parque. Atenção! Não é possível passar deste ponto se não estiver acompanhado de um guia credenciado.

Estrada que dá acesso ao início da trilha.
Após me apresentar no posto de controle, continuei pela estrada de terra e estacionei o carro no ponto de início da trilha.

No final desta postagem disponibilizei um mapa do Google Earth com todas as coordenadas de GPS dos pontos importantes deste passeio.



Iniciei a trilha às 10:30. A vegetação é bastante densa e a primeira parte do percurso é fácil. Caminhei por aproximadamente 1600 metros até visualizar o paredão de pedra.




Com aproximadamente 1 Km de distância, descendo de uma altitude de 700 até 610 metros, o paredão de pedra é o trecho mais difícil. Existem algumas cordas de apoio colocadas estrategicamente. E é bom estar bem agarrado a elas principalmente se o dia estiver úmido, já que o solo é propício para escorregões.



Na base do paredão cruzei o rio e percorri mais 500 metros até a entrada da caverna. Cheguei lá por volta do meio-dia.


A Caverna Temimina possui duas áreas de visitação distintas. A parte inferior, que é maior e é cortada pelo rio. E a parte superior, que é seca e possui bastante vegetação.






Uma característica da parte inferior é a presença de várias janelas formadas por desmoronamentos do teto. Elas permitem a entrada de luz solar. O efeito visual é muito bonito, além de permitir o crescimento de vegetação em alguns pontos.



O interior da caverna tem várias formações belas. Infelizmente meu equipamento fotográfico não permite fotografar em condições tão extremas. Vale ressaltar que as cores das formações estão preservadas. Aparentemente não houve utilização excessiva de carbureteiras no interior desta caverna. Realizei o percurso dentro da caverna em aproximadamente uma hora, com calma, e apreciando a beleza do ambiente.

Por volta das 13:00 estava de volta à entrada da caverna, no ponto que dá acesso ao nível superior. Fiz uma pausa para o almoço, que incluiu duas maçãs e várias barras de cereal.

Acesso para a parte superior da caverna
Iniciei a visitação da parte superior às 13:30.



Na foto acima é possível observar o rio que corta a caverna e o rasgo na pedra que separa a parte inferior da superior.



O arco da parte superior da Caverna Temimina forma um dos cenários mais famosos dessa trilha. E uma foto como a logo abaixo é obrigatória para qualquer um que visite essa caverna. 





Terminei a visitação da parte superior às 15:00. O retorno pelo paredão de pedra foi o último desafio do dia. Cheguei no carro às 16:30 e às 18:00 estava na pousada.

Depois de um banho demorado, uma fome de leão anunciava que o jantar seria ótimo!! :D

Se desejar mais informações que não constam na postagem ou quiser acrescentar algo, deixe seu comentário.

Você pode utilizar o Google Earth para visualizar o trajeto da trilha em detalhes e, se desejar, importar as coordenadas para o seu GPS.
Visualizar Petar - Trilha e Caverna Temimina em um mapa maior

Arquivos da trilha
http://connect.garmin.com/activity/163385826
http://connect.garmin.com/activity/163385862
Se você criar uma conta no Garmin Connect (gratuitamente) e conectar com o seu usuário, terá acesso a opção de exportação do arquivo com o trajeto das trilhas acima, nos formatos tcx, gpx e kml.
Se você possuir um aparelho de navegação por GPS compatível com um desses formatos, poderá importar as informações para ele.

Álbum de fotos
Clique aqui para visualizar o álbum de fotos no Picasa

Site oficial do PETAR
http://www.fflorestal.sp.gov.br/hotsites/hotsite/index.php

Centro de informações turísticas de Apiaí
http://www.apiai.sp.gov.br/index.php/secretarias/turismo/turismo/cit-centro-de-informacoes-turisticas

Pousada do Quiririm
http://www.pousadadoquiririm.com.br/