quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Pedalando em Paranapiacaba - Trilha de 30Km



No início de Janeiro, fui pedalar novamente em Paranapiacaba. Procurei um trajeto alternativo ao trajeto de 25 Km que havia feito em novembro, em que atravessei um trecho com muito barro, e com muitos sulcos no solo provocados pela passagem  de motos de cross. Na foto abaixo, o ponto da trilha que dá acesso a esse trecho. Apesar de viável, esse trecho exige que desmontemos da bike muitas vezes devido aos enormes buracos no chão ou por conta das poças de lama.


Pesquisei os possíveis trajetos e escolhi um mais longo, com aproximadamente 30 Km, mas que evitaria essa parte péssima do caminho.


Ver Trilha em Paranapiacaba 30Km num mapa maior

No dia que fui pedalar, o tempo estava ótimo, o céu estava limpo com promessa de muito calor, mas havia chovido muito no dia anterior.

Os primeiros 3,5 Km do trajeto foram difíceis por conta do solo muito irregular. As chuvas intensas recentes, literalmente lavaram o solo, removendo a camada superior de terra e expondo pedras de todos os tamanhos. O solo escorregadio aliado à grande inclinação deste primeiro trecho tornaram o começo do trajeto cansativo.


O lado positivo é que quando cheguei no final da ladeira, sabia que havia vencido a parte mais difícil e o resto do passeio seria tranquilo.

Logo após a subida, uma grande descida e cheguei na igreja de Taquarussu.




Eu já havia fotografado essa igreja de outro ponto de vista. Tirei a foto abaixo do alto do morro que fica atrás da igreja e estou usando 12X de zoom. Se tiver curiosidade clique aqui para ver a postagem sobre a trilha da banheira de pedra.


Passando por Taquarussu, encontrei a estrada muito molhada. Apesar das muitas poças, não precisei descer da bike para atravessar nenhum obstáculo.
Claro que fiquei com as costas e com a bike bastante sujas de lama! Mas isso faz parte da diversão.



Mais ou menos após 10 Km, passei em frente ao ponto da trilha que dá acesso ao trecho que segue paralelo às torres de alta tensão. O acesso está completamente erodido, e com muitos sulcos produzidos pelas motos de cross. Eu segui por esse caminho no trajeto de 25 Km que fiz em novembro. Segue o link da postagem Pedalando em Paranapiacaba - Trilha de 25Km


Segui em frente evitando esse acesso e a partir desse ponto não conhecia a estrada de terra. Seguir o GPS foi fundamental. Aliás, nunca se aventure em um local desconhecido sem um GPS para guiá-lo, e nunca explore sozinho locais afastados. Caso você se machuque, vai precisar que alguém busque ajuda, afinal de contas, nesses lugares o celular não funciona.



Seguindo em frente, nos deparamos com várias pequenas chácaras ao longo da estrada. Nos trechos desabitados entre elas, a estrada é bastante bonita e arborizada.





Depois que evitei aquele acesso lamacento das torres de alta tensão, percorri 5 Km e cheguei no ponto da estrada de terra onde aquela trilha termina. Ainda bem que evitei toda essa lama.


O resto do passeio foi só curtição. Percorri o trajeto em um ritmo lento, aproveitando o visual e batendo bapo com os amigos.




Chegamos de volta na Vila de Paranapiacaba perto das 13 horas. O sol estava muito quente e era possível ver a água evaporando do solo. É isso mesmo, na foto abaixo a fumaça é vapor d'água, não é poeira levantada pelos carros.


Mas o calor não não tirou o sorriso dos nossos rostos! Afinal de contas, há poucas coisas mais divertidas que pedalar com os amigos. :D



Arquivos da trilha:
Não se assustem com a minha frequência cardíaca registrada nesse treino, meu sensor cardíaco estava com problemas.
http://connect.garmin.com/activity/258313492

Se você criar uma conta no Garmin Connect (gratuitamente) e conectar com o seu usuário, terá acesso a opção de exportação do arquivo com o trajeto das trilhas acima, nos formatos tcx, gpx e kml.
Se você possuir um aparelho de navegação por GPS compatível com um desses formatos, poderá importar as informações para ele.

Álbum de fotos:
Clique aqui para visualizar o álbum de fotos no Picasa
No Picasa você pode fazer o download de todas as fotos.

Informações sobre Paranapiacaba:
http://www.paranapiacaba-spr.org.br/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Paranapiacaba