terça-feira, 11 de junho de 2013

Envelhecer com saúde é uma questão de escolha

Nas últimas semanas, duas notícias chamaram minha atenção. Ambas relacionadas a feitos improváveis realizados por pessoas idosas.

A primeira, foi a conquista do Everest por Yuichiro Miura. Ele tem 80 anos e no dia 16 de maio de 2013 conquistou o monte. Ele já havia realizado a mesma proeza em 2003 e 2008, com 70 e 75 anos respectivamente.


Retirei as fotos acima do blog The Big Picture.

Outra notícia legal foi que Mike Fremont de 91 anos terminou a  Meia Maratona de Knoxville em 3 horas e 4 minutos. Mike, iniciou seu estilo de vida atlético um pouco antes dos 40 anos. Aos 69 foi diagnosticado com câncer e se curou. Nessa época da vida se tornou vegano. Atualmente ele é detentor do recorde de tempo americano para a meia maratona (21Km) e do recorde mundial para a maratona (42Km). Ou seja, não há senhor de 91 anos mais rápido que ele no mundo todo.

Retirei a foto acima do site da Runners World

As duas notícias me levaram a pensar no quanto somos capazes de determinar com nossas escolhas, as condições em que enfrentaremos a nossa velhice. Há quem escolha a independência, autonomia e saúde aos 90 anos, e há quem escolha o infarto aos 40, ou a velhice infeliz. Bons hábitos não te fazem apenas viver mais, eles te fazem viver com qualidade.

É possível prever o futuro, pelo menos no que se refere ao nosso corpo. Os hábitos saudáveis promovem a saúde no longo prazo. Mesmo que você seja um daqueles azarados que tem uma genética péssima, sem dúvida você vai colher os frutos de uma vida saudável minimizando seus problemas, ou criando menos dificuldades para um tratamento bem sucedido. O refrão da música dos Originais do Samba está corretíssimo, ele diz "cabeça que não tem juízo, o corpo paga".

Claro que não precisamos chegar aos 90 anos quebrando recordes, é suficiente chegar lá com um corpo saudável. Para isso, basta uma hora de atividade física diária. Eu vejo centenas de idosos pedalando na ciclofaixa de lazer de São Paulo e correndo nos parques da cidade. Eles são minha referência.

Eu já escolhi como será minha velhice e estou determinando o meu futuro agora. E você? Já escolheu o seu?

Para concluir, indico dois conteúdos muito bons que li e assisti nesta semana e que também estão relacionados com hábitos saudáveis.

O primeiro é o artigo do Blog do Sakamoto sobre a qualidade péssima da alimentação que está disponível nos supermercados e a forma como as campanhas de marketing escondem essa situação.
Você foi programado para gostar de "infartitos" e agora?

E no artigo dele achei uma referência para o documentário "Muito além do peso" que trata da obesidade infantil, e da ignorância completa das pessoas sobre a qualidade e conteúdo dos alimentos industrializados que consumimos. http://www.muitoalemdopeso.com.br/.


Se você estiver curioso para conhecer,
segue o link para a música dos Originais do Samba que eu citei no artigo.